Grande surpresa, os primeiros “nascimentos”…

 /><br />
Sábado feitas as sementeiras, a partir daí habituei-me a um ritual diário matinal: pulverizar, regando, todas as “culturas”. Assim se passou Domingo, Segunda-feira e Terça-feira para além da surpresa de ter adoecido e de ter ficado logo ali com a minha semana estragada quanto a planos, não falhei na rega e aí sim tive a minha grande surpresa do dia: espinafres, alfaces e chicória estavam a nascer e em força! Isto para minha (e não só minha) total e completa surpresa. Ainda pensei que os oregãos também já começavam a despontar, mas tratava-se de sementes perdidas dos lados. Apesar das mais variadas teorias já terem sido desenvolvidas para um tão grande e rápido nascimento e crescimento, tais como sementes mutantes, terra radioactiva, ou semelhantes, a verdade é que nada de anormal verifiquei e mesmo a água da rega é a da torneira, e suponho que não estejam a colocar na água que bebemos algum aditivo estranho…</p>
				<div class=

3 Responses to “Grande surpresa, os primeiros “nascimentos”…”

  1. jardineira aprendiz

    Isso é muito interessante! No ano passado aconteceu o mesmo com as minhas alfazemas na semana a seguir à Páscoa. O que reforça a teoria que pode ter algo a ver com a lua (primeira lua minguante a seguir ao equinócio de primavera)

Os comentários estão fechados.