Categorias

Preparando uma futura migração para o Word Press, comecei hoje uma dolorosamente lenta classificação dos 617 posts por categorias. Aconselho vivamente quem está a começar um blog, ou ainda tem uns poucos textos, a começar quanto antes a sua categorização. Não faz sentido ter muito textos, que ninguém consegue encontrar (nem o próprio), como por exemplo no Abrupto, que de resto nem link permanente por entrada tem. As categorias, são uma ajuda preciosa à navegação.
Deve-se no entanto, resistir à tentação e erro comum de atribuir montes de categorias a um texto, ou de as criar praticamente ao ritmo da criação de textos. As categorias devem ser suficientemente abrangentes (embora detalhadas) de modo a conduzir com facilidade o leitor; mas não devem ser excessivamente detalhadas ao ponto de se tornarem numa lista infindável.
Jakob Nielsen diz que entre 10 a 20, será um número adequado. Eu aqui consegui arranjar 19 e pretendo não passar de 20 — senão também caio ainda mais no erro de me dispersar demasiado. De resto, há uma categoria fantástica, que pode aparecer sob várias identidades, de “vários”, a “generalidades”, passando por “outros”… Habitualmente acaba por resolver muitos problemas.

3 Responses to “Categorias”

  1. jrf

    Não, isto é um “dirty job” mas tem de ser o próprio a fazê-lo. Precisava de pessoal, mas era lá no terreno…

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.