A armada invencível

 /></a><br />
Todas as noites, esta armada invencível, navega pelos nossos domínios. Não há como lhes fazer frente, mas <a href=tenta-se sempre.
Fui ver as ervilhas, estão vigorosas. Mas, noto que junto ao murete, estão a ser devoradas. Mais! Junto ao murete, as típicas bolinhas azuis do “remédio dos caracóis”. Deve ter sido o meu pai ou o Sr. Miguel… Como diria o mestre Yoda, desanimador isto é.

4 Responses to “A armada invencível”

  1. Filipe

    Acho que li algo que pode afundar a armada invencivel. O Almirante “Cerveja” Nelson, os bichos parece que são atraidos pelos sublimes aromas a levedura.

  2. cerveira pinto

    Caro “mestre Jedi” JRF
    “Que a Força esteja contigo” nessa avassaladora e titânica luta. É capaz de ser quase tão árdua como lutar contra “OGM’S” (Organismos Geneticamente Modificados). He,he,he…:)
    Abraço

  3. susana

    oops…
    Então,armadilhas de cerveja, serrim, cinza ou cobre deves colocar. E, de noite, caracóis “catar”.

  4. jrf

    Fico fatigado em vir para aqui pregar o “orgânico” e ter bolinhas azuis nas ervilhas…
    Lutar contra os transgénicos de laboratório — convém especificar, não vá andar por aqui algum veterinário :) –, deve ser mais uma guerra perdida. Mas tenta-se sempre!
    Belo poema Susana!

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.