Courgettes transplantadas

17 Courgettes
Afinal os feijões franceses anões não precisaram de esperar muito pelos afídios. No Sábado pude observar formigas a deambular no canteiro, um péssimo sinal, mas não vi a ingrata bicharada. Na Segunda lá estavam eles bem visíveis. Nos feijões trepadores que o meu pai semeou a quantidade já é preocupante. Agora tenho o meu pai já de olho no arsenal químico e praticamente de dedo no gatilho.

Fiz uma solução com o Neem e apliquei abundantemente. Espero que resulte. Aproveitei e também pulverizei as camélias pequenas (não na grande onde andavam as joaninhas — nessa tinha colocado um pouco de Savona e junto com as joaninhas ficou controlado), nos áceres e na gardénia. É o ano do pulgão preto!
A ventania do fim-de-semana arruinou as favas. Vou colher o que está desenvolvido e congelar. A boa notícia é que já temos umas folhas de alface, rúcula e mizuna — embora esta última seja irresistível para caracóis e lesmas, apesar dos meus esforços.

Limpeza do terreno
Estive a limpar o terreno da fotografia para plantar 17 pés de courgettes. Ainda fiquei com um espaço para outras coisas.
Também colhi as únicas ervilhas sobreviventes, deu para um guisado. Miséria! Vou tentar outra dose.
Brevemente vou também cozinhar o insecticida de folhas de tomateiro (e também a outra versão, se me sobrar matéria prima). Tenho bastante esperança nesse preparado e seria perfeito se funcionasse — mesmo no tempo.

3 Responses to “Courgettes transplantadas”

  1. Sonia Lameira

    Estava eu à procura de um insecticida vegetal para completar um trabalho teórico para a faculdade, qd me deparo com este blog. simplesmente adorei! Como estou um pouco atrapalhada para conseguir acabar a tempo o trabalho nao consegui ler todos os artigos mas com toda a certeza que vou voltar. Afinal não são só os Agrónomos que gostam destas coisas! Fico feliz! :)

  2. José Rui Fernandes

    Não são só os agrónomos que gostam, mas quem gosta se calhar gostava de ser agrónomo!
    Então é a nossa modesta gazeta que vai ensinar os universitários? Estava à espera que fosse ao contrário — mas fico satisfeito que possamos aprender alguma coisa uns com uns outros.
    Obrigado e volte sempre.

  3. Joao

    Em relação ao insecticida vegetal recomendo o chorume de urtiga ou de tabaco.

    Afim de não haver tantas doenças nas courgettes recomendo a utilização de sementes hibridas.

    Para afastar caracois, lesmas e afins… farinha de peixe espalhada à volta das culturas é um espectáculo

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.