A democratização da motosserra

Qualquer bronco compra uma motosserra numa “grande superfície” e anda por aí a abater árvores. Eu próprio tenho duas1.

  1. Nova motosserra []

5 Responses to “A democratização da motosserra”

  1. Paula

    Mas não és ‘bronco’ :))
    Tenho visto cada uma … mesmo aqui (onde não mando nada)… podas radicais, um susto!!

    É muito mais fácil e dá muito menos trabalho este tipo de poda, em lugar de se respeitar a copa da árvore, e na maioria das vezes nem de poda precisa. Uma simples limpeza de ramos velhos, abrir um pouco …

    PS- Gostava de ver uma foto do corte da lenha. Tens cavalete?

  2. José Rui

    Esta época desmiolada ainda agora começou e já vai terrível.
    Foto do corte da lenha… como assim — queres ver-me a cortar a lenha ou a minha lenha cortada? Tenho um cavalete da Sthil em freixo, mas acho que será fácil de fazer um.

  3. Paula

    Era mais a foto do cavalete :)). Já vi … obrigada!
    Não deve ser difícil fazer, o pior é o tempo. Esse da Stihl não é assim tão caro, se fizeres as contas ao tempo que gastarás a construir um.

  4. José Rui

    O Stihl já está todo moído porque por muito cuidado que tenha serro sempre mais um bocadinho, mas resiste. Comprei há muitos anos e ainda aqui anda e eu gosto disso.

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.