O rei do Bestança


Fartei-me de brincar com o Cláudio, com esta do “rei do Bestança”. O que o rei está a segurar, não é a marmita, é o lixo que fomos apanhando no leito do rio.
Adoro estas pedras moldadas por milhares de milhões de metros cúbicos de Rio Bestança. A minha grande satisfação é saber que esta pedra aqui estará, muito depois destes grandes porcos terem todos desaparecido.

A tocar no iTunes: Worlds in collision do álbum “Apocalypse Now” Pere Ubu (Classificação: 4)

3 Responses to “O rei do Bestança”

  1. carla afonso

    Excelente ideia esta da limpeza colectiva de um rio ou área. Se for avisada com alguma antecedência, ajudo até ser capaz!
    E sim, felizmente as pedras ainda por cá ficarão depois da passagem dos predadores.

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.