Ligar água aquecida à máquina de lavar roupa +

Fotografias da natureza em 2007
Da National Geographic no blogue Green Expander (tem muitas mais fotos e artigos de interesse).

As 10 melhores fotografias astronómicas de 2007
Bad Astronomy.

Ligar água aquecida à máquina de lavar roupa
Se alguém se lembra, ligamos em nossa casa a água aquecida pelo Sol directamente à máquina de lavar louça. Descobri agora a solução para ligar também à máquina de lavar roupa com o Alfa Mix (vi no Bioesfera na RTPN). Não é barato (uns 250,00€), mas já penso mandar vir um.

Arquitecta Inês Cabral
Foi num projecto desta arquitecta, preocupada com a sustentabilidade, que vi o Alfa Mix.

Blogue da Sociedade Portuguesa de Arboricultura

No Impact Man
A viver em Nova iorque com o menor impacto possível. Pelo menos o blogue é interessante.

Como escolher uma boa fotografia
A metodologia é interessante para um editor… Felizmente já tenho um dos dois livros aconselhados (Ansel at 100, se bem que em edição muito especial).

O assassinato de Benazir Buttho
Peça em fotografias e voz do fotógrafo que conseguiu as últimas imagens desta vida. New York Times. Os jornais portugueses estão a léguas desta qualidade na internet, aliás, comparativamente são autênticos amadores e fracos.

Steven Heller sobre o anonimato nos blogues
Muito de acordo. Design Observer.

A Fortune resolveu listar os 101 momentos mais tolos nos negócios
Um deles foi o facto do grupo Radiohead ter publicado o último álbum directamente na internet. Só no primeiro mês, facturaram três milhões de dólares, dos quais vão zero para as editoras discográficas e quase tudo para o bolso dos membros da banda… Hoje a informação é isto: Encomendas, lobbys, baixa politiquice e agências de comunicação. CNN Money/Fortune.

5 Responses to “Ligar água aquecida à máquina de lavar roupa +”

  1. mário venda nova

    O mundo é realmente um lugar muito pequeno. O ‘A photo editor’ tem sido uma das minhas leituras obrigatórias desde o seu lançamento e gostei quando recentemente assumiu a sua verdadeira identidade. O que nos leva à peça do Design observer, outras das minhas leituras obrigatórias, bem escrita e bem fundamentada mas que na pratica é de reduzido impacto, o anonimato é facilmente contornável com recurso a pseudónimos e afins, infelizmente. É bem mais fácil insultar alguém via um comentário num blogue do que pessoalmente (sempre foi, mesmo através do telefone), indica muito sobre a época que vivemos mas a pratica diz-nos que é uma situação recorrente. Nos fóruns da DPreviews ainda há bem pouco tempo atrás o autor do sítio ‘Luminous Landscapes’ foi arrasado apenas porque se atreveu a dizer que a Nikon D3 é uma boa máquina. Desde ‘novo rico’ a mediocre, tudo se escreveu e disse, com uma leveza espantosa, sobre o autor que depois se viu obrigado a escrever no sítio uma pequena declaração a pedir às pessoas que se têm algo a dizer que lho digam, pelo menos, frontalmente e utilizando as ferramente disponíveis no sítio. Que me conste o assunto morreu por ali…

    Em relação ao texto do APE esperava mais. Faltou falar no livro da Susan Sontag (um pouco polémico porque não reune consensos, mesmo 30 anos depois da sua 1ª edição) e aprofundar os livros do Roberts Adams, sobretudo o ‘why people photograph’. Do Ansel Adams podia ter falado de outros livros que espelham melhor as opiniões do próprio e não o ‘Adams at 100’ que é um catálogo de uma exposição, por muito que goste do autor acho que AA era também um escritor fantástico e é pena perder o que ele escreveu sobre, por exemplo, conservação da natureza e sobre a fotografia.

  2. José Rui Fernandes

    De facto um torneira é muito mais barata… Não sei realmente se a diferença (preço e transporte da Alemanha) compensa… A vantagem é que se pode regular este aparelho para a temperatura exacta do programa escolhido.
    A torneira seria para colocar numa temperatura genérica tipo 30º ou 40º. tenho de pensar melhor no assunto.

  3. José Rui Fernandes

    Não, só enquanto não está pronto. Ainda nem em testes o coloquei para quem se disponibilizou a testá-lo. Ou seja, está atrasado, gostava de ter começado agora, no início do ano.

Deixe um comentário

Mantenha-se no tópico, seja simpático e escreva em português correcto. É permitido algum HTML básico. O seu e-mail não será publicado.

Subscreva este feed de comentários via RSS

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.